Enem 2016: sabatistas dão dicas de como esperar até 9 horas para começar a prova

em 28/10/2016 - 10:29

Por convicção religiosa, mais de 76 mil candidatos terão de esperar ao menos 6 horas para começar a prova. No Acre, tempo de espera chega a 9h.

 


No próximo sábado (5), primeiro dia do Enem 2016, mais de 76 mil estudantes inscritos terão de esperar ao menos 6 horas, após o início oficial do exame, para começar as suas provas. Eles integram o grupo de candidatos sabatistas, que guardam o sábado por convicção religiosa e só trabalham ou estudam após o pôr do sol. O número é inferior aos mais de 85 mil que se inscreveram no exame de 2015. No domingo (6), a aplicação da prova segue o mesmo padrão para todos os aplicantes.

 

 

Esses estudantes devem entrar no local de prova no mesmo horário que outros inscritos, mas só devem dar início ao exame às 19h, no horário de Brasília. Há exceção nos estados do Acre, que tem início do exame marcado para as 10h no horário local, Amazonas, Rondônia e Roraima, com início marcado para as 11h no horário local, e Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, com início marcado para as 12h, também no horário local. Neles, os sabatistas devem iniciar sua prova às 19h, segundo o horário local.


Por conta do longo período de espera, que deve ser cumprido dentro da sala onde será aplicada a prova, é importante que os estudantes que guardam o sábado se atentem a alguns detalhes, como boa alimentação e descanso. Ao G1, dois sabatistas veteranos do Enem deram dicas para os candidatos calouros.

Dificuldades


"Muitas pessoas pensam que o que fazemos nos deixa exaustos antes mesmo de iniciar a prova. Essa não é a nossa maior dificuldade e sim o desconforto dos ambientes que são oferecidos", diz a estudante Adriany Ferreira, de 21 anos. Ela é de Recanto das Emas, no Distrito Federal, já prestou o Enem, e prestará novamente este ano, em busca de vagas na rede pública ou bolsas na rede privada.


Para Robson Oliveira, universitário de 25 anos residente em Barueri, na Grande São Paulo, o maior problema é o tédio, durante o tempo de espera para início da prova. "Não é permitido ler nem conversar, nem cantar ou coisas parecida", reclama.

 
 

Alimentação e pertences


"Tem que levar um lanche pra que o candidato aguente ficar o dia todo literalmente na sala", alerta Robson. "Recomendo levar água, alimentos leves e saudáveis suficientes. Evitar doces, refrigerantes, salgadinhos, frituras, porque esses alimentos retardam o funcionamento do cérebro", afirma Adriany.


"Eles não proporcionam energia para bom desempenho na prova e aumentam os níveis hormonais que estimulam o nervosismo, dificultando a concentração", explica a estudante. Em relação a objetos e pertences, ela explica que as exigências são as mesmas que as feitas aos outros candidatos (veja lista aqui). Quanto às roupas, ela sugere "trajes confortáveis e um par de chinelos".


Cansaço pós-prova


Com o horário tardio de início da prova, no sábado, os sabatistas acabam tendo menos tempo livre até a aplicação do exame, no domingo. Ainda assim, "Adriany afirma que há tempo o bastante para descansar, contanto que se tome certos cuidados. Eu diria que [o candidato deve] dormir 8 horas por dia. Deve manter a calma e praticar tecnicas de respiração, além de tomar um café da manha reforçado, sem cafeína de preferência, pois esse acelera o metabolismo", diz.


Robson aponta outra alternativa para os candidatos sabatistas que sentirem certo cansaço, até mesmo durante o periodo de espera para realização da prova, no sábado: "muita fé, força e tirar aquele cochilho na sala de aula ajudam muito", brinca.

Guia Comercial do Jaraguá - SP


Talvez você ainda não tenha curtido a página do Bairro. Receba em primeira mão oportunidades de Cursos Gratuitos, Empregos e Notícias do Bairro Jaraguá.
 


Aproveite e curta a página do repórter voluntário do Bairro Jaraguá.
 

Comentários